Arquivo do mês: janeiro 2011

mesmo assim virá


Se tiver de ser agora, não está para vir; se estiver para vir, não será agora; e se não for agora, mesmo assim virá. Shakespeare Anúncios

Publicado em Palavras | Marcado com | 2 Comentários

o mundo continuará a caminhar


“Quem parar será pisado e o mundo continuará a caminhar.” Jaime Balmes

Publicado em Palavras | Marcado com | Deixe um comentário

Escrevo. E pronto.


Escrevo. E pronto. Escrevo porque preciso, preciso porque estou tonto. Ninguém tem nada com isso.Escrevo porque amanhece, e as estrelas lá no céu lembram letras no papel, quando o poema me anoitece. A aranha tece teias. O peixe beija e … Continuar lendo

Publicado em Palavras | Marcado com , | Deixe um comentário

Acostume seus olhos a mirar o futuro


Pare de olhar para trás. Você já sabe onde esteve. Você precisa saber para onde vai. Acostume seus olhos a mirar o futuro. Claude Bristol

Publicado em Palavras | Marcado com | Deixe um comentário

Meu jeito mais secreto de calar


Nem acredites se pensas que te falo: palavras são meu jeito mais secreto de calar. Lya Luft

Publicado em Palavras | Marcado com , | Deixe um comentário

Motivos para encontrar motivos


Todo dia eu me pergunto: “porque?” , e nunca encontrei uma resposta. Mas cheguei a uma conclusão. Não vale mais a pena, cansei de tentar entender, tentar aceitar. É injusto e pronto! Está tudo fora de lugar no mundo inteiro, … Continuar lendo

Publicado em Palavras | Marcado com , , | 2 Comentários

Cecília Meireles


“A vida só é possível reinventada” (Cecília Meireles)

Publicado em Palavras | Marcado com | Deixe um comentário

Luzes ofuscantes


Quando na sua vida parece estar tudo errado, quando se sente sendo algo que não é, quando não consegue ser quem é, ou simplesmente não consegue decifrar quem é, quando sente que não está sentindo quando deveria sentir, que sente … Continuar lendo

Publicado em Palavras | Marcado com , | 2 Comentários

“E se você olhar longamente para um abismo, o abismo também olhará pra dentro de você.” Nietzsche

| Marcado com | Deixe um comentário

Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras. Sou irritável e firo facilmente. Também sou muito calma e perdôo logo. Não esqueço nunca. Mas há poucas coisas de que eu me lembre. Clarice Lispector

| Marcado com | Deixe um comentário